Exchange

Perguntas Mais Frequentes de Licenciamento do Exchange

As FAQ que se seguem disponibilizam respostas a perguntas frequentes sobre o licenciamento do Exchange.

Experimentar ou comprar

Fazer a transição entre versões do Exchange Server

Mostrar tudo

Não, a licença do cliente do Outlook deixou de ser incluída nas CALs do Exchange após o Exchange Server 2003 e tem de ser comprada em separado para o Exchange Server 2016. O Exchange Server 2016 Standard CAL disponibiliza direitos de acesso ao e-mail, calendário, contactos e tarefas, quer através do Outlook na Web ou de um dispositivo móvel através do Exchange ActiveSync.

Preços e licenciamento de servidores

Mostrar tudo

Não. Tanto a Standard CAL como a Enterprise CAL podem ser utilizadas com qualquer uma das edições do servidor.

É necessária uma licença de servidor para cada instância do Exchange Server 2016 a ser executada – quer este esteja instalado de origem num computador ou numa máquina virtual. Saiba mais sobre o suporte de virtualização.

Não. Os utilizadores externos não precisam de CALs para aceder ao Exchange Server 2016. O direito de acesso às funcionalidades padrão do Exchange para os utilizadores externos é incluído na própria licença do Exchange Server 2016.

Os clientes ainda podem licenciar o Exchange Server 2016 com CALs por utilizador ou por dispositivo. Se vários utilizadores partilharem um computador e não acederem individualmente ao servidor Exchange a partir de outras localizações, por exemplo PCs domésticos, podem ser licenciados com uma CAL de dispositivo.

Sim. Para obter mais informações, consulte Pré-requisitos do Exchange Server 2016.

Os clientes podem obter as funcionalidades Arquivo no Local e Suspensão no Local através do Arquivo de Exchange Online para o Exchange Server e podem obter segurança avançada através da Proteção do Exchange Online. Todas as outras funcionalidades premium só se encontram disponíveis na Enterprise CAL ou no conjunto E-CAL.

Sim. Os clientes são cobrados anualmente por subscrições da Proteção do Exchange Online, para proteger os utilizadores de vírus e spam e pela Prevenção de Perda de Dados (DLP) no Exchange Online (coletivamente denominados "Serviços"). Os clientes também podem optar por comprar a Exchange Enterprise CAL sem os Serviços, se não precisarem da DLP ou de proteção antivírus e antisspam.

Se for comprada uma licença Open, a Exchange Enterprise CAL encontra-se disponível com ou sem os Serviços. Se for comprada uma licença Select, os clientes têm duas opções. Podem comprar a Licença (apenas a licença) e obter a CAL sem o Software Assurance ou os Serviços. Em alternativa, se quiserem obter o Software Assurance (L&SA), têm de comprar também os Serviços.

Preços e licenciamento do Exchange Online

Mostrar tudo

O Exchange Online é licenciado através de um modelo de subscrição em que cada utilizador precisa de uma Licença de Subscrição de Utilizador (USL). Estão disponíveis três tipos de subscrição: Exchange Online Kiosk, Exchange Online Plano 1 e Exchange Online Plano 2. Estas subscrições podem ser compradas individualmente ou como parte de um plano do Office 365 que inclui o SharePoint Online, o Skype para Empresas Online e o Office ProPlus.

Para comparar os diferentes planos, consulte Comparar os planos do Exchange Online. Em alternativa, para obter mais detalhes, consulte Descrição do Serviço Exchange Online.

Não. As caixas de correio de recurso, incluindo as Caixas de Correio de Sala e as Caixas de Correio de Equipamento, são tipos especiais de caixas de correio disponibilizadas gratuitamente como parte do Exchange Online. Não existe limite para o número de subscrições de salas de conferências.

Não. As caixas de correio partilhadas não têm credenciais de início de sessão, pelo que só são acessíveis por utilizadores com licença a quem tenha sido concedido acesso delegado (permissão total de caixa de correio, enviar como ou enviar em nome de). Tenha em atenção que os utilizadores do Exchange Online Kiosk não possuem acesso delegado, pelo que não podem aceder a caixas de correio partilhadas.

As caixas de correio partilhadas não incluem funcionalidades de arquivo pessoal ou de suspensão legal. Se precisar destas funcionalidades, pode comprar o Exchange Online Plano 1 ou Plano 2 e atribuí-lo à caixa de correio partilhada.

Não existe limite para o número de caixas de correio partilhadas.

Para ativar o Arquivo no Local, tem de atribuir a caixa de correio partilhada a uma subscrição do Exchange Online Plano 1 e ao Arquivo de Exchange Online ou a uma subscrição do Exchange Online Plano 2. Uma caixa de correio partilhada não pode ser utilizada para arquivar o e-mail de uma organização, exceto as mensagens que são enviadas a partir da caixa de correio partilhada ou recebidas na mesma.

Um Arquivo no Local só pode ser utilizado para arquivar e-mail de uma única entidade ou utilizador para o qual tenha sido aplicada uma licença. É proibido utilizar um Arquivo no Local como forma de armazenar e-mail de múltiplos utilizadores ou entidades. Por exemplo, os administradores de TI não podem criar caixas de correio partilhadas e indicar aos utilizadores que copiem (via CC ou regra de Transporte) uma caixa de correio partilhada com o propósito explícito de arquivar.

Tem de atribuir uma subscrição do Exchange Online Plano 2 à caixa de correio partilhada, para a poder colocar em Suspensão no Local.

Sim, essas caixas de correio precisam de uma subscrição. O tipo de subscrição pode ser o Exchange Online Kiosk ou o Exchange Online Plano 1 ou Plano 2.

Não. Para obter mais informações sobre as Caixas de Correio de Pesquisa de Deteção, consulte o artigo Criar uma Caixa de Correio de Deteção para Armazenar Resultados de Pesquisa.

As caixas de correio de pastas públicas estão disponíveis para utilizadores com subscrições do Exchange Online Plano 1 e Plano 2. Não estão disponíveis para os utilizadores do Exchange Online Kiosk.

Não. Não é permitido utilizar o registo no diário, regras de transporte ou regras de reencaminhamento automático para copiar mensagens para uma caixa de correio do Exchange Online para propósitos de dupla entrega. Para preservar mensagens, tem de colocar os conteúdos dos utilizadores em Suspensão no Local ou enviar as mensagens para um destino de diário externo.

Não existem limites para a duração da política de retenção. Pode definir a duração da retenção com base nas necessidades da sua empresa.

A funcionalidade Arquivo no Local do Exchange Online Plano 2 disponibiliza armazenamento ilimitado para os dados de e-mail de um utilizador. O Arquivo no Local tem uma capacidade predefinida que é suficientemente grande para acomodar uma utilização razoável, incluindo a importação do e-mail em histórico de um utilizador. No caso improvável de um utilizador atingir esta capacidade, é necessário ligar para o suporte do Office 365. Para mais informações sobre o arquivo, consulte a Descrição do Serviço Exchange Online para obter mais detalhes.

Dispõe de várias opções:

  • Pode exportar os dados desse utilizador para um ficheiro PST e armazená-lo no local.
  • Pode reter os dados na caixa de correio desse utilizador, ao colocar o utilizador em Suspensão no Local e ao marcar a caixa de correio como inativa, conforme descrito aqui. Não é necessário manter a licença de subscrição de um utilizador para a caixa de correio inativa.
  • Se tiver uma implementação híbrida do Exchange Server e do Exchange Online, pode migrar a caixa de correio de volta para o local. Saiba mais sobre as implementações híbridas aqui.

O Exchange Online Kiosk foi concebido para utilizadores que requerem poucas funcionalidades de mensagens, por não terem computadores dedicados. A subscrição disponibiliza 2 GB de espaço de caixa de correio por utilizador e acesso baseado na Web através do Outlook na Web. Algumas funcionalidades estão desativadas para os utilizadores do Kiosk, incluindo as regras de caixa de entrada, as caixas de correio de pastas públicas, as caixas de correio do site, as caixas de correio partilhadas e o acesso delegado a outras caixas de correio. Para mais informações, consulte a Descrição do Serviço Exchange Online.

Sim, todas as subscrições do Exchange Online, incluindo o Exchange Online Kiosk, permitem funcionalidades para toda a empresa como a Deteção de Dados Eletrónicos no Local, o registo no diário, as políticas de retenção personalizadas e filtragem antisspam e antimalware de qualidade através da Proteção do Exchange Online.

Os utilizadores com caixas de correio do Kiosk são protegidos pela mesma proteção de redundância geográfica e SLA de tempo de atividade que as outras caixas de correio do Exchange Online.

Para colocar uma caixa de correio do Kiosk em Suspensão no Local, tem primeiro de atualizar para o Exchange Online Plano 2 ou comprar o suplemento Arquivo de Exchange Online para o Exchange Online.

Não. Quando uma subscrição do Kiosk é atribuída a um utilizador, as MI e a integração de presença no Outlook na Web são desativadas, mesmo que o utilizador tenha uma subscrição do Skype para Empresas Online. Para além disso, dado que o acesso dos Serviços Web Exchange às caixas de correio do Kiosk está bloqueado, as atualizações de presença com base no calendário do Skype para Empresas não serão efetuadas para os trabalhadores do Kiosk e as mensagens de e-mail de Fora do Escritório não serão apresentadas. Aos utilizadores que precisem destas funcionalidades, deve ser atribuída uma subscrição do Exchange Online Plano 1.

Sim. No Portal Microsoft Online Services, pode atribuir uma nova subscrição ao utilizador e remover a antiga. Esta ação irá atualizar automaticamente as funcionalidades do utilizador no Exchange Online. O procedimento para comprar novas subscrições e cancelar as antigas pode variar. Verifique o seu contrato de licença específico para obter mais detalhes.

Sim. No Portal Microsoft Online Services, pode atribuir uma nova subscrição ao utilizador e remover a antiga. Esta ação irá atualizar automaticamente as funcionalidades do utilizador no Exchange Online. Para uma transição sem problemas, deve remover todas as Suspensões no Local da caixa de correio do utilizador antes de atribuir uma nova subscrição ao mesmo. O procedimento de alteração para uma versão inferior é o seguinte:

  • Dados da caixa de correio: todos os dados na caixa de correio e arquivo do utilizador são preservados. Se o utilizador tiver um total de dados superior a 50 GB na caixa de correio principal mais o arquivo, a conversão será efetuada com êxito, mas a caixa de correio não estará em conformidade com o licenciamento até os dados em excesso serem eliminados pelo utilizador.
  • Suspensão no Local: se a caixa de correio estiver em Suspensão no Local, a suspensão mantém-se. A caixa de correio não estará em conformidade com o licenciamento até que a Suspensão no Local seja retirada. Se estiver a utilizar a Sincronização de Diretórios, pode retirar a Suspensão no Local ao atualizar o objeto do Active Directory do utilizador, caso contrário terá de ligar para o suporte para a retirar.
  • Voicemail alojado: esta funcionalidade é desativada automaticamente para o utilizador durante a transição.

O procedimento para comprar novas subscrições e cancelar as antigas pode variar. Verifique o seu contrato de licença específico para obter mais detalhes.

Sim. No Portal Microsoft Online Services, pode atribuir uma nova subscrição ao utilizador e remover a antiga. Esta ação irá atualizar automaticamente as funcionalidades do utilizador no Exchange Online. Para uma transição sem problemas, deve eliminar as regras de caixa de entrada e notificações por SMS do utilizador antes de atribuir uma nova subscrição ao mesmo. O procedimento de alteração para uma versão inferior é o seguinte:

  • Tamanho da caixa de correio: se o tamanho for superior a 2 GB, a ação irá falhar.
  • Regras de Caixa de Entrada: as regras de caixa de entrada existentes são mantidas, mas não são editáveis. Pode ligar para o suporte do Office 365 para pedir que eliminem as regras do utilizador por si, para que a caixa de correio cumpra os termos da licença.
  • Notificações por SMS: as notificações por SMS existentes são mantidas, mas não é possível criar novas. Pode ligar para o suporte do Office 365 para pedir que eliminem as notificações por SMS existentes do utilizador, para que a caixa de correio fique em conformidade com os termos da licença.

O procedimento para comprar novas subscrições e cancelar as antigas pode variar. Verifique o seu contrato de licença específico para obter mais detalhes.

Se instalar um servidor do Exchange 2010 somente para agir como ligação entre o antigo ambiente no local do Exchange Server 2003/2007 e o Exchange Online, pode pedir uma chave de servidor de Edição Híbrida para licenciar o servidor.

Sim. Pode utilizar a sua chave de servidor de Edição Híbrida para licenciar múltiplos servidores, desde que o servidor de Edição Híbrida seja utilizado de acordo com as diretrizes acima descritas.

Não. O Exchange Server 2016 inclui funcionalidades híbridas nativas, pelo que pode ligar a sua organização do Exchange Server 2016 ao Exchange Online sem um servidor de Edição Híbrida. A Edição Híbrida é apenas para organizações que executem o Exchange Server 2007 ou o Exchange Server 2010. Os clientes do Exchange Server 2010 também podem continuar a ligar as respetivas organizações diretamente ao Exchange Online sem um servidor adicional de Edição Híbrida, se atualizarem para o Service Pack mais recente ou podem optar por instalar um servidor híbrido do Exchange Server 2016. Os clientes do Exchange 2003 podem continuar a utilizar os servidores do Exchange 2010 Edição Híbrida para fazer a ligação ao Exchange Online com o Service Pack mais recente.

Pode utilizar o PowerShell para introduzir a nova chave de produto.

Pode apontar o seu registo MX para o Exchange Online numa implementação híbrida. Neste cenário, a Proteção do Exchange Online (EOP) disponibiliza filtragem antisspam e antimalware para o e-mail recebido dos utilizadores no local, pelo que estes utilizadores no local precisam de subscrições da EOP.

O inquilino do Exchange Online (e as caixas de correio do Arquivo de Exchange Online, se aplicável) primeiro tem de ser completamente atualizado para a nova versão do Exchange Online, com base no Exchange Server 2016, antes de poder instalar os servidores do Exchange Server 2016 no local. A configuração do Exchange Server 2016 inclui uma verificação para ajudar a impedir que a sua organização atinja um estado não suportado. Assim que o inquilino do Exchange Online for atualizado ou se estiver a ligar a um ambiente novo do Exchange Online pela primeira vez, pode instalar o Exchange Server 2016 assim que os pré-requisitos necessários forem cumpridos.

Se instalar um servidor do Exchange 2010 somente para agir como ligação entre o antigo ambiente no local do Exchange Server 2003/2007 e o Exchange Online, pode pedir uma chave de servidor de Edição Híbrida para licenciar o servidor. Se instalar um servidor do Exchange 2016 somente para agir como ligação entre o antigo ambiente do Exchange Server 2007/2010 no local e o Exchange Online, pode pedir uma chave de servidor de Edição Híbrida para licenciar o servidor.